Todo conteúdo deste blog é publico.

Todo conteúdo deste blog é publico. Copie, imprima ou poste textos e imagens daqui em outros blogs. Vamos divulgar o Espiritismo.

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

A GATINHA EDUCADA

TEMA: BOAS MANEIRAS NO LAR

Mimi era uma linda gatinha que vivia no quintal de uma casa muito grande.

Vivia com sua pequenina família: Mamãe Gata e Papai Gato.

Apesar de pequena ainda, Mimi era uma gatinha muito bem educada.

Quando chegava da escola, guardava seu uniforme, guardava os cadernos, tomava o seu banho, e ia correndo perguntar à Mamãe Gata se ela precisava de alguma ajuda.

Sentava-se junto à mesa e enxugava os talheres; varria a cozinha; comprava o leite e o peixe para o almoço, ajudando assim a mamãe; durante todo o dia.

Fazia as tarefas da escola direitinho, e com muito capricho. Era querida por todos, e sentia-se muito feliz por isso.

Gostava muito da mamãe e do papai. Eram seus amigos e viviam como tal. Aonde um ia, lá se iam os outros. Até os vizinhos falavam:

— Que família bonita! Que gatinha educada eles criam!

Mimi se esforçava sempre por agradar aos pais.

Certo dia, d. Miau, sua vizinha, foi visitar Mamãe Gata. Mamãe Gata não estava, pois fora ao mercado.

Mimi recebeu d. Miau, com muita alegria. Ofereceu-lhe uma cadeira, e pensou, pensou. Uma laranjada!

Pediu licença à d. Miau e foi fazer uma gostosa laranjada. Pegou a laranja e subiu numa cadeira para pegar o copo. Estava alto demais! Ficou na pontinha dos pés e... A cadeira virou!! Pobre Mimi bateu a cabecinha no chão!

Mamãe Gata ia chegando e correu com d. Miau para acudir Mimi. Apesar de machucada. Mimi pensava:

O mais importante é ser educada e servir às pessoas.


Autor Desconhecido. Fonte do texto e imagem: Internet Google.

Um comentário:

  1. Filhos assim são raros nos dias de hoje. Belo exemplo. Muita paz!

    ResponderExcluir