Todo conteúdo deste blog é publico.

Todo conteúdo deste blog é publico. Copie, imprima ou poste textos e imagens daqui em outros blogs. Vamos divulgar o Espiritismo.

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011


JORNADA ACIMA


Não consideres secas e amargas as trilhas da romagem com Jesus, quando a viagem da fé, por alongar-se no tempo, alcança as regiões dos testemunhos incessantes do amor, sem alegrias imediatas.

É certo que te sentes, por vezes, na condição da criatura lesada nos mais íntimos sentimentos, qual sucedeu com ele próprio.

Quantos amigos ficaram para trás, imobilizados nos encantamentos da Galiléia!

Entretanto, se acompanhas o Divino Amigo, vencendo barreiras e suportando desafios, já conheces talvez, quando doem a injustiça e a incompreensão, nos conflitos e problemas, que te impõem duras veredas de suor e de lágrimas.

De quando a quando, interrompes os próprios passos, a fim de refletir nos sonhos desfeitos que as circunstâncias te compeliram a deixar na retaguarda.

A jornada parece agora pesada marcha sobre espinhos e pedras, que é preciso transpor, junto dele, o Eterno Amigo que te aceitou a companhia.

Inegavelmente, difícil é a estrada para a conquista do amor sem retribuição...

As intimidações da Terra afiguram-se cutiladas no coração e as dificuldades do caminho parecem nuvens petrificadas que se transformam em aguaceiros de pranto.

Ainda assim, segue com Jesus e abençoa os percalços da senda de elevação.

Silencia agravos recebidos; esquece mágoas ou possíveis ofensas; auxilia para o bem a quantos te abordem a experiência; lança as sementes do amor e da harmonia, além da órbita de tua própria influenciação e aceita a cruz que a vida te ofereça, porque, além do sacrifício supremo, se segues com Ele, o Companheiro da Humanidade, encontrar-lhe-ás a moradia da benção, onde o trabalho se te fará perfeita alegria, entretecida de paz e vida, ascensão e esplendor.


Livro: Deus Aguarda – Médium: Chico Xavier – Espírito: Meimei.

2 comentários:

  1. Carlos,

    Bom dia!!!

    Edificante o texto acima.

    Ontem terminei o livro que estava lendo "Uma razão para viver - Richard Simonetti", de uma maneira simples ele explica algunsa questões sobre o espiritismo.

    As vezes as pessoas nas casas espiritas não explicam bem as coisas p/ gente, só falam vc precisa desenvolver sua mediunidade e coloca a gente p/ trabalhar na sala de desobessão, não cuidam da parte mental e até mesmo da parte espiritual só falam "vc precisa estudar, ler", mas aí eu me pergunto onde estão as pessoas p/ sentar e conversar com a gente, explciar as coisas que as vezes sentimos ao chegar perto de alguém ou até mesmo qdo entramos em algum lugar e sentimos variadas emoções.

    Carlos, me perdi dentro de mim; estava trabalhando ao lado de um menthor(um rapaz que trabalhava na casa seu menthor era o Dr. Hideiki médico japones) que estava me ensinando as coisas, ele me deixava sozinha e falava confia em seu menthor e eu senti ele por perto, até que um dia me tiraram de lá falando que era p/ voltar p/ sala de desobsessão (pq eu sou meduim psicofonico), falaram que eu não tinha menthor ...como não tinha se eu sentia ele todos os dias perto de mim, tem até algumas pessoas que vieram conversar comigo me falando que sentia o que vinha de mim....aí fiquei muito triste e me perdi..pq imaginei que talvez que estivesse criando aquilo tudo...desacreditei.
    Só que agora não consigo voltar p/ casa de oração, eu não sinto mais nada, só as sensações que eu tinha antes de tudo começar, nem escrever mais eu consigo (antes escrevi textos de otimismo...foi por isso que afastei do blog)...não sei o que fazer.
    Todas as vezes que chego lá na Casa de oração me veem a mentem se eu não tinha menthor quem será aqui que esta falando a verdade, será que os outros tb tem???
    Vc pode me ajudar??? Consegue me explicar o que está acontecendo comigo????
    Preciso de ajuda...quero voltar a ter alegria nos meus olhos, a escrever que é minha vida.
    Abraços fraternos (*_*) Jú

    ResponderExcluir
  2. Oi Jú querida; vou tentar te ajudar, mas por e-mail. Aguarde.
    Beijos,
    Carlos

    ResponderExcluir