Todo conteúdo deste blog é publico.

Todo conteúdo deste blog é publico. Copie, imprima ou poste textos e imagens daqui em outros blogs. Vamos divulgar o Espiritismo.

terça-feira, 14 de setembro de 2010


QUE TEMOS COM O CRISTO?


"Ah! que temos contigo, Jesus Nazareno? Vieste destruir-nos? Bem sei quem és: o Santo de Deus." (Marcos, 1,24)


Grande erro supor que o Divino Mestre houvesse terminado o serviço ativo, no Calvário.

Jesus continua caminhando em todas as direções do mundo; seu Evangelho redentor vai triunfando, palmo a palmo, no terreno dos corações.

Semelhante circunstância deve ser lembrada porque também os Espíritos maléficos tentam repelir o Senhor diariamente.

Refere-se o evangelista a entidades perversas que se assenhoreavam do corpo da criatura. Entretanto, essas inteligências infernais prosseguem dominando vastos organismos do mundo.

Na edificação da política, erguida para manter os princípios da ordem divina, surgem sob os nomes de discórdia e tirania; no comércio, formado para estabelecer a fraternidade, aparece com os apelidos de ambição e egoísmo; nas religiões e nas ciências, organizações sagradas do progresso universal, acodem pelas denominações de orgulho, vaidade, dogmatismo e intolerância sectária.

Não somente o corpo da criatura humana padece obsessão de Espíritos perversos. Os agrupamentos e instituições dos homens sofrem muito mais.

E quando Jesus se aproxima, através do Evangelho, pessoas e organizações indagam com pressa: que temos com Cristo? Que temos a ver com a vida espiritual?

É preciso permanecer vigilante à frente de tais sutilezas, porquanto o adversário vai penetrando também os círculos do Espiritismo evangélico, vestido de túnicas brilhantes da falsa ciência.


Livro: Caminho, Verdade e Vida – Médium: Chico Xavier – Espírito: Emmanuel.

2 comentários:

  1. Bom dia!

    É preciso vigiar Sempre.
    E estar convicto de suas escolhas.
    Acho isto essencial.

    Abraço pra ti.

    ResponderExcluir
  2. Oi amiga Gislene, você tem razão. No nosso estágio evolutivo, ainda temos que estar sempre vigilantes.
    Muita paz.
    Beijos,
    Carlos

    ResponderExcluir