Todo conteúdo deste blog é publico.

Todo conteúdo deste blog é publico. Copie, imprima ou poste textos e imagens daqui em outros blogs. Vamos divulgar o Espiritismo.

sábado, 29 de janeiro de 2011


PARÁBOLA DO SEMEADOR


Um homem saiu a semear.
Era um bom semeador.
Quis sua roça plantar.
Encheu-se de muito amor.

Sementes caíram no deserto.
Mas não puderam germinar.
Não nasceram por certo.
Sem água para regar.

A terra não era adequada.
O homem não se apercebeu.
Sementes caíram na estrada.
E o passarinho comeu.

Entre espinhos, ele plantou.
Porém nada ele colheu.
A semente germinou.
No entanto não cresceu.

O príncipe da perfeição.
Nos falou com voz divina.
Quando é bom o coração.
O Evangelho germina


Um amigo poeta.

2 comentários:

  1. Que belo poema! Conseguiu transformar a bela parábola em versos tao lindos!!
    Amigo um bom final de semana!

    ResponderExcluir
  2. Oi amiga Marcia; realmente são muito bonitos.
    Um ótimo final de semana a você.
    Carlos

    ResponderExcluir