Todo conteúdo deste blog é publico.

Todo conteúdo deste blog é publico. Copie, imprima ou poste textos e imagens daqui em outros blogs. Vamos divulgar o Espiritismo.

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Nas Orações de Natal...


Rememorando o Natal, lembramo-nos de que Jesus é o Suprimento Divino à Necessidade Humana.


Para o Sofrimento, é o Consolo;


Para a Aflição, é a Esperança;


Para a Tristeza, é o Bom Ânimo;


Para o Desespero, é a Fé Viva;


Para o Desequilíbrio, é o Reajuste;


Para o Orgulho, é a Humildade;


Para a Violência, é a Tolerância;


Para a Vaidade, é a Singeleza;


Para a Ofensa, é a Compreensão;


Para a discórdia, é a Paz;


Para o egoísmo, é a Renúncia;


Para a ambição, é o Sacrifício;


Para a Ignorância, é o Esclarecimento;


Para a Inconformação, é a Serenidade;


Para a Dor, é a Paciência;


Para a Angústia, é o Bálsamo;


Para a Ilusão, é a Verdade;


Para a Morte, é a Ressurreição.


Se nos propomos, assim, aceitar o Cristo por Mestre e Senhor de nossos caminhos, é imprescindível recordar que o seu Apostolado não veio para os sãos e, sim, para os antigos doentes da Terra, entre os quais nos alistamos...


Buscando, pois, acompanhá-lo e servi-lo, façamos de nosso coração uma luz que possa inflamar-se ao toque de seu infinito amor, cada dia, a fim de que nossa tarefa ilumine com Ele a milenária estrada de nossas experiências, expulsando as sombras de nossos velhos enganos e despertando-nos o espírito para a glória imperecível da Vida Eterna.


Livro: Os Dois Maiores Amores – Médium: Chico Xavier - Autores Diversos.
Fonte da imagem: Internet Google.

2 comentários:

  1. Carlos, a melhor mensagem de Natal é aquela que sai em silêncio de nossos corações e aquece com ternura os corações daqueles que nos acompanham em nossa caminhada pela vida. Um ótimo Natal. Muita paz em seu coração!

    ResponderExcluir
  2. Denise querida, que este natal seja de paz e amor para você e seus familiares e que o ano novo seja repleto de oportunidades de crescimento com saúde e felicidade.
    Beijos,
    Carlos

    ResponderExcluir