Todo conteúdo deste blog é publico.

Todo conteúdo deste blog é publico. Copie, imprima ou poste textos e imagens daqui em outros blogs. Vamos divulgar o Espiritismo.

sábado, 31 de julho de 2010


Bem Melhor É O Amor


Eu tenho te procurado por todos os cantos,
Com todos os prantos e, todavia,
Continuo não te encontrando e, na agonia,
Enfrento a tormenta da minha solidão.

Eu tenho sofrido o tempo perdido
No qual reneguei o teu coração
E no meu ouvido, o choro incontido
Me diz, comovido: - “ vá até lá e peça perdão!”

O meu preconceito e orgulho ferido
Já foram por terra, se desvaneceram.
O arrependimento chegou, decidido
E por ti, meus defeitos desapareceram.

Ah! que saudade dos tempos vividos
Onde o amor era puro e a tudo vencia...
Hoje, lamento os momentos sofridos...
Bem melhor é o amor, ao invés da agonia.

Deixei de te amar e seguir teu caminho
Quando há dois mil anos estendeste-me a mão.
Vivi quantas vidas seguindo sozinho...
Esqueci que um dia chamaste-me “irmão”!

Se tivesse te ouvido, te acompanhado
Quando me chamaste pra seguir contigo,
Estaria hoje mais iluminado
E não teria a agonia morando comigo.

Quanto ranger de dentes eu teria poupado,
Sem ter que chorar no muro das lamentações.
Se eu tivesse te ouvido, tivesse te amado,
Reduzido teria minhas decepções.

Porém, sou ovelha do teu grande rebanho
Que ontem, perdida, hoje volta ao teu seio...
Não sou mais o lobo dos tempos de antanho
E em teus braços, sorrindo, encontrei meu esteio.


Poesia inspirada ao médium Roberto Ferreira (sem autor espiritual)

2 comentários:

  1. Muito lindo esse poema! Maravilhoso!
    Bjos.

    ResponderExcluir
  2. Como sempre muito gentil, querida amiga Janetinha.
    Tenha uma bela semana.
    Beijos,
    Carlos

    ResponderExcluir