Todo conteúdo deste blog é publico.

Todo conteúdo deste blog é publico. Copie, imprima ou poste textos e imagens daqui em outros blogs. Vamos divulgar o Espiritismo.

terça-feira, 26 de julho de 2011

NO LAR 2


Não olvides que teu filho, sendo a materialização de teu sonho, é também tua obra na Terra.


Às vezes é um lírio que plantaste no tempo; contudo, na maioria das ocasiões, é um fragmento de mármore que deixaste à distância.


Flor que te pode encorajar ou pedra que te pode ferir.


Recebe-o, pois, como quem encontra a oportunidade mais santa de trabalho no mundo.


Não lhe abandones o espírito à liberdade absoluta, para que se não perca ao longo da estrada, e nem cometas a loucura de encarcerá-lo em teus pontos de vista, para que o teu exclusivismo não lhe desfigure as qualidades inatas para o infinito bem.


Ajuda-o, acima de tudo, a crescer para o ideal superior, assim como auxilias a árvore nascente, em ímpeto ascensional para a luz.


Livra-o das deformidades mentais, tanto quanto proteges o vegetal proveitoso contra a invasão da erva sufocante.


Ser pai é ser colaborador efetivo de Deus, na Criação.


Receber um filho é deter entre os homens o mais sagrado depósito.


Não desertes, assim, da abnegação em que deves empenhar todas as forças peculiares à própria vida, a fim de que o rebento de tuas aspirações humanas se faça legítimo sucessor dos teus mais íntimos anseios de elevação.


O lar, na Terra, ainda é o ponto de convergência do passado. Dentro dele, entre as quatro paredes que lhe constituem a expressão no espaço, recebemos todos os serviços que o tempo nos impõe, habilitando-nos ao título de cidadãos do mundo.


Exercitemos desse modo, o amor e o serviço, a humildade e o devotamento, no templo familiar, à frente de nossos amigos ou adversários do pretérito transformados hoje em nossos parentes ou em nossos filhos, e estaremos alcançando nos problemas da eternidade a mais alta e a mais sublime equação.


Livro: Mãe – Médium: Chico Xavier – Espírito: Emmanuel.
Fonte da imagem: Internet

4 comentários:

  1. Muito lindo e muito sério isto...ser pai é uma missão divina, pois os filhos são espíritos que encarnam sob nossos cuidados, para que façamos o melhor para que eles despertem e vivam no Bem, na Paz e no Amor, que sigam o melhor caminho dentro da evolução.
    Beijos meu amigo e boa tarde
    Valéria

    ResponderExcluir
  2. O blog http://conhecerkardec.blogspot.com completa 1 ano de existência dia 30/7. Deixei para vc selinho comemorativo no blog. Faça uma visitinha. Muita paz!

    ResponderExcluir
  3. A paternidade é porta bendita para reentrada de nós espíritos em uma nova jornada de aprendizado.
    Um forte abraço a você querida Valéria.
    Carlos

    ResponderExcluir
  4. Oi amiga Denise, obrigado pela visita e pelo selo.
    Felicidades,
    Carlos

    ResponderExcluir