Todo conteúdo deste blog é publico.

Todo conteúdo deste blog é publico. Copie, imprima ou poste textos e imagens daqui em outros blogs. Vamos divulgar o Espiritismo.

sábado, 14 de janeiro de 2012

O Amor Sempre Há de Vencer


Quando a dor te alcançar
E o teu peito se encharcar
Te fazendo esmorecer
Olha as estrelas e vai
Lembra-te do eterno Pai
O amor sempre há de vencer.


Se a saúde te falta
Se a dor moral de assalta
E a sombra te envolver
Te entrega em vibrante prece
Pois Deus jamais te esquece
O amor sempre há de vencer.


Se alguém te ferir a alma
Perdoa, segue e te acalma
Não te permitas descer
Segue sem olhar para trás
Servindo andarás em paz
O amor sempre há de vencer.


Mesmo na treva mais densa
Aumenta mais tua crença
Faz a luz da fé arder
Vê que após a tempestade
Há mais fartura e bondade
O amor sempre há de vencer.


No mais terrível degredo
Permanece sem ter medo
Há sempre um alvorecer
Se a dor te joga na cama
Escuta o Pai que te ama
O amor sempre há de vencer.


Se te sentes fraquejar
Ora e espera o Sol raiar
Ilumina mais o teu ser
Nada temas, segue adiante
Qual fonte tonificante
O amor sempre há de vencer


Se ao norte há perseguição
Ao sul há desilusão
No leste o abismo crescer
Se a Oeste vem o assalto
O amparo virá do alto
O amor sempre há de vencer.


És herdeiro do universo
Um nobre ainda disperso
Buscando se conhecer
Filho do eterno reinado
E com Deus sempre ao teu lado
O amor sempre há de vencer.


Poema de Merlânio Maia

2 comentários: