Todo conteúdo deste blog é publico.

Todo conteúdo deste blog é publico. Copie, imprima ou poste textos e imagens daqui em outros blogs. Vamos divulgar o Espiritismo.

segunda-feira, 12 de março de 2012

O SALÁRIO DA ABNEGAÇÃO

Qualquer trabalhador exerce as suas atividades profissionais dentro de limites determinados que o fazem credor de salário específico. No entanto, se o profissional, em qualquer setor de atividade humana ultrapassa as fronteiras naturais das próprias obrigações, guarda merecimento superior, à importância do vencimento estabelecido.

Semelhante salário – extra; corresponde à abnegação.

As leis terrestres não recompensam o mérito extraordinário, por falta absoluta dos meios de aferição.

Assim, a abnegação do espírito encarnado, seja qual for o setor em que moureja, é paga pela Lei Divina que define o valor de cada ser no Plano Espiritual.

O trabalho comum, na Terra, é recompensado pela moeda a exprimir-se por honorários; o trabalho extra, no reino do espírito, é pago em recursos de ascensão para a alma.

O trabalho ordinário conduz o servidor ao domínio horizontal do meio em que vive; o trabalho extraordinário eleva-o, em sentido vertical, às Esferas Superiores.

Exemplificando, vemos o professor que apenas procura cumprir determinado plano de aulas, dedicando-se exclusivamente ao mister que lhe é próprio, dentro do limite mínimo de esforço e tempo, a receber a paga integral do serviço nos honorários que percebe.

Todavia, aquele que transfigura o magistério em sacerdócio, ajudando aos discípulos, nos horários extra-escolares, esmerando-se em estudos contínuos da matéria que leciona para superar o programa rotineiro, habilita-se a crédito extraordinário, de vez que demonstra rendimento superior ao exigido pelos próprios encargos.

Semelhante educador receberá naturalmente o salário maior a que fez jus pela abnegação que revelou.

Quem pagará, entre os homens, o devotamente do coração feminino que se decide a recolher no próprio regaço os filhinhos alheios.

Qual instituto humano remunerará o desvelo da criatura generosa que apóia com desinteresse e carinho os companheiros em sofrimento?

Eis porque, contrapondo-se à orientação do esforço mínimo, a abnegação é sempre o esforço máximo, somente compensável pelos cofres da Bondade Divina.

Cumpre as obrigações que te cabem e granjearás vencimento justo na Terra.

Faze mais que o dever, pelo bem de todos, e, conforme as lições de Jesus; amontoarás tesouros nos Céus.

Livro: Ideal Espírita – Médium: Chico Xavier – Espírito: João Modesto.
Fonte da imagem: Internet Google.

6 comentários:

  1. Linda mensagem, amigo!! Sempre que chego aqui, encontro uma mensagem de luz...
    Tenha um ótima semana, com muito amor e paz!♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Mari; é a luz do amor de Jesus.
      Beijos,
      Carlos

      Excluir
  2. bom dia carlos é gratificante reiniciar a semana podendo ler mensagen tão linda nos falando da benção do trabalho espiritual que é o que nos dignifica,a alma,um abraço de bom dia meu querido boa semana sempre iluminada pelo amor e o conhecimento do Pai supremo
    bjs marlene

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Marlene, eu é que fico feliz por ter você aqui com seu carinho.
      Felicidades,
      Carlos

      Excluir
  3. Belíssimas e incentivadoras palavras, meu bom amigo.
    Tenho cá comigo que trabalho é benção, sempre, seja ele no labor do dia dia em busca do sustento ou seja o "extraordinário" que nos faz e fará colher seus frutos benfazejos.
    Boa semana, fique na paz, beijos
    Valéria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valéria querida; trabalho é vida, movimento e crescimento, sejam no campo da matéria, da reforma intima ou da caridade.
      Felicidades, beijos,
      Carlos

      Excluir